domingo, 23 de outubro de 2016

A cura para a unha encravada

Um dia ouvi uma pessoa dizer que a vida é dura, que às vezes nada da certo, que não temos tudo aquilo o que queríamos que temos que acordar cedo para trabalhar, que as pernas dói, que temos uma unha encravada.

Mas será que a vida realmente é dura?

Vejamos por outro ângulo todas essas queixas.

Não temos tudo àquilo que queríamos ou apenas não nos contentamos com o que temos ou quem sabe não nos esforçamos para adquirir o que queremos e ainda culpamos Deus por não ter conseguido.

Se temos que acordar cedo para ir trabalhar é porque temos um trabalho, quantas pessoas estão desesperadas por não terem um trabalho, passam fome, frio e veem seus filhos tristes por não terem dinheiro para comprar um brinquedo. Se temos um trabalho é porque temos saúde para exercer nossas funções, temos nosso café da manhã, nosso almoço e podemos jantar em família, porque simplesmente temos um emprego.


As pernas doem, mas quando chega à noite, temos um chuveiro e uma comida quente para aliviar essa dor, temos uma cama que podemos deitar e dormir para refazer as energias. Quantas pessoas não tem as pernas, os braços, não enxergam e muitas vezes não se queixam, aceitam seus Karmas e ainda trabalham, exercem algumas atividades. As paralimpíadas mostrou isso, pessoas que não se entregam, não se queixam, não acham a vida dura e sorriem para o mundo agradecendo por estarem simplesmente vivas.

E nós aqui, se queixando por estar com uma unha encravada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário