domingo, 31 de julho de 2016

Amem seus inimigos - entendimento

                                   Frase bíblica

Tomem cuidado.
 “Se o seu irmão pecar, repreenda-o e, se ele se arrepender, perdoe-lhe. Se pecar contra você sete vezes no dia, e sete vezes voltar a você e disser: 'Estou arrependido', perdoe-lhe". 
.
      Meu entendimento a respeito de amem seus inimigos!

O perdão é um dádiva, é o ápice da caridade e é difícil.
Como perdoar alguém que me quis o mal?
Como vou olhar em seus olhos e fingir que nada aconteceu?

Primeiro porque perdoar alguém não significa que você tenha que conviver com essa pessoa, mas perdoar é de coração, significa que você não guarda rancor, raiva ou queira vingança, mas se a convivência é difícil, às vezes o melhor e se afastar, orando para que essa pessoa encontre o seu caminho.

Jesus nos disse: se alguém lhe bater na face direita, ofereça à esquerda.
Já a lei Moises dizia: Olho por olho, dente por dente.
E agora, o que eu faço?

Nem oito e nem oitenta, o que Jesus quis dizer é que a vingança não leva a lugar nenhum, discutir não irá resolver o problema, que às vezes numa discussão é melhor ficar em silêncio, do que gritar, que numa briga, é melhor correr do que morrer ou matar. Quantas vezes no nosso dia a dia precisamos engolir alguns “sapos” para evitar uma desagradável discussão, que poderia ser resolvida com um simples “sinto muito” ou “me desculpe”. Às vezes o nosso orgulho nos impede de pedir perdão ou de perdoar, às vezes escolhemos ficar com aquela sensação desagradável pós-discussão, às vezes até choramos num canto, só para não dar o braço a torcer. Quantas vezes um simples abraço resolve uma briga desnecessária e birrenta?
Jesus foi açoitado, crucificado e humilhado e em nenhum instante ele jurou vingança, apenas pediu para o pai perdoa-los, pois não sabiam o que faziam e nós às vezes ficamos dias sem falar com nossos filhos e conjugue só porque alguém comeu aquele iogurte que estava na geladeira. Brigamos com um colega só porque ele se esqueceu de nos convidar para aquela festinha que ele fez, mas esquecemos de que foi ele quem correu para um hospital quando foi preciso.

É difícil perdoar, claro que é, somos imperfeitos por natureza, mas não estamos aqui para sermos imperfeitos para sempre e saber perdoar é um grande começo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário