domingo, 12 de junho de 2016

Sinceramente falando

Quem nunca ouviu alguém proferir a celebre frase:
- Eu sou sincero (a), doa a quem doer!

E essa frase é muito verdadeira, pois sinceridade pura e honesta realmente dói, machuca, magoa, mas nunca deixará de ser sinceridade, depois que passar os sentimentos iniciais, verá que aquela pessoa nos falou somente verdades, que para o nossa bem, ela não mentiu, se omitiu ou foi falsa. Na realidade deveríamos sempre agradecer a alguém que é sincero, pois é através dessa sinceridade, que podemos nos melhorar, nos corrigir e evoluir moralmente como pessoa e como cristão.
A falsidade é como um papel liso que foi amassado, nunca mais ele será liso novamente, não adianta o quanto se passe a ferro quente, ele nunca mais será igual. Já a sinceridade nunca será um papel amassado, pois foi usado para escrever a verdade e como humanos que somos, é mais difícil aceitar uma verdade, do que viver numa mentira.
Pensem nisso!


A resposta sincera
é como beijo nos lábios. 
                                               Provérbios 24:26


Nenhum comentário:

Postar um comentário